Social Icons

Featured Posts

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Havok - Discografia

No ano de 2004 surgiu em Denver, no Colorado (Estados Unidos), uma monstruosa banda de Thrash Metal que merecidamente captou bastante atenção dos ouvidos apreciadores do estilo. Uma banda que toma gigantes da vertente como referência, como Megadeth, Metallica, e principalmente Slayer, desenvolvendo um som de muita potência e qualidade técnica em todos os âmbitos, refinados por uma produção limpa e pesada. Conhecido por grande parte dos thrashers e também um dos maiores representantes do que é chamado de "New Wave of Thrash Metal", tal excelência se refere ao Havok.
A iniciativa de dar início a tudo partiu do vocalista/guitarrista David Sanchez ao chamar seu colega de classe e baterista Haakon Sjoegren para formar uma banda. Para completar a formação, espalharam panfletos pela região, levando ao contato com o guitarrista solo Shawn Chavez, que prontamente ingressou. A formação então fechou com a entrada do baixista Marcus Corich, possibilitando que o foco sobre as composições musicais fossem intensificados. Ainda no ano de formação, o quarteto gravou de forma independente a sua primeira demo, intitulada "Thrash Can".
Três anos mais tarde a banda sofre a primeira alteração no line-up após as saídas do baixista Marcus Corich e do baterista Haakon Sjoegren, substituídos por Tyler Cantrell e Rich Tice, respectivamente. Naquele ano saiu mais um trabalho independente, só que dessa vez se tratava de um EP: "Pwn 'Em All". O compacto consiste na regravação das faixas da primeira demo, mas com uma faixa bônus.
No fim daquele ano de 2007, após a chegada do novo baterista Ryan Bloom, o conjunto enviou uma cópia do EP para uma gravadora desconhecida, mas essa cópia acabou chegando no conhecimento do poderoso selo Candlelight Records, que ofereceu um contrato.
O passo seguinte foi, como é de se esperar, o lançamento do álbum de estreia. Já com o baixista Jesse de Los Santos, que havia entrado no ano anterior, chegou ao público o caralhoso debut "Burn". Esse álbum demonstra com perfeição o perfil do Havok: um Thrash Metal pesado, pegado, tocado de forma energética, composto por riffs que o levam a sacudir a cabeça e solos velozes. Também apresentam uma bateria muito bem trabalhada, que empolga, e vocal técnico de drive bastante rasgado. Para não perder a essência, claro, os estadunidenses introduzem também os frequentes backing vocals gritados em coro, acompanhando fins de frase do vocal. Não foi à toa que colheram positivas críticas, porém, ainda não teria sido o suficiente para despontar a banda no cenário mundial.
Pouco antes do lançamento de "Burn", o baterista Ryan Bloom havia se desligado do conjunto, levando-os a contar com Scott Fuller para cumprir a turnê. Mais tarde, Pete Webber seria contratado como baterista integral.
Em 2010, mais shows foram realizados, inclusive um abrindo para o Primal Fear em Nova Iorque, mas no mesmo dia, o guitarrista Shawn Chavez saiu do Havok. De imediato, nenhum guitarrista substituto foi contratado. Pelo contrário: David Sanchez aprendeu os solos e a banda saiu em turnê como um power trio. Mais tarde, ainda no mesmo ano, Reece Scruggs chegaria ao posto vago, retomando a normalidade da formação.
Março de 2011 foi o mês de lançamento do segundo álbum de estúdio, intitulado "Time Is Up", um disco superior ao primeiro, e ainda mais agressivo. Esse foi o responsável pelo amplo conhecimento do Havok na cena Thrash, acumulando fartos elogios da mídia especializada. As datas de shows aumentaram em quantidade, assim como a qualidade das bandas com as quais dividiam palco, como por exemplo Possessed, Anthrax, Forbidden, Testament3 Inches of Blood, Exodus, Exhumer, Death Angel, Mayhem, At The Gates, Behemoth, entre outras.
Em 2012, um segundo EP, chamado "Point of No Return", foi adicionado à discografia, trazendo quatro faixas, dentre as quais duas são covers de "Arise" do Sepultura e uma junção entre "Postmortem" e "Raining Blood" do Slayer.
Logo ali, em 2013, mais um álbum fodaço emergiu dos estúdios: "Unnatural Selection", agora contando com Michael Leon como baixista. Novamente, mantém a fórmula de Thrash que já vinham praticando, mas com composições um tanto mais harmoniosas, variando um pouco da insistente porrada que já vinha sendo trabalhada nos discos anteriores. "Unnatural Selection" não apenas marca uma postura mais dinâmica (mas sem perder a essência e objetividade) por parte da banda; marca também o fim do contrato com a Candlelight Records. No meio do ano, assinaram com a Century Media Records, outra gigante da música.
O Havok é atualmente uma das melhores representantes do estilo. Quem conhece esses caras confirma a grande qualidade de sua música. Quem não conhece, confirmará! Afinal, estamos falando de uma banda de Thrash Metal oriunda dos Estados Unidos. Ninguém faz Thrash como o povo de lá. Puta banda que é difícil desagradar aos fãs do estilo!


 Thrash Can (Demo) (2004)

01 - Last Words
02 - Fate Controls
03 - Havok
04 - Identity Theft
05 - To Hell


 Pwn 'Em All (EP) (2007)

01 - Last Words
02 - Identity Theft
03 - Havok
04 - Fate Controls
05 - To Hell
06 - The Root of Evil (Demo Version)


 Burn (2009)

01 - Wreckquiem
02 - The Root of All Evil
03 - Path To Nowhere
04 - Morbid Symmetry
05 - Identity Theft
06 - The Disease
07 - Scabs of Trust
08 - Ivory Tower
09 - To Hell
10 - Category of The Dead
11 - Melting The Mountain
12 - Afterburner


 Time Is Up (2011)

01 - Prepare For Attack
02 - Fatal Intervention
03 - No Amnesty
04 - D.O.A.
05 - Covering Fire
06 - Killing Tendencies
07 - Scumbag Is Disguise
08 - The Cleric
09 - Out of My Way
10 - Time Is Up


 Point of No Return (EP) (2012)

01 - Point of No Return
02 - From Cradle To The Grave
03 - Arise (Sepultura Cover)
04 - Postmortem/Raining Blood (Slayer Cover)


 Unnatural Selection (2013)

01 - I Am The State
02 - Give Me Liberty... Or Give Me Death
03 - It Is True
04 - Under The Gun
05 - Waste of Life
06 - Living Nightmare
07 - Chasing The Edge
08 - Worse Than War
09 - Children of The Grave (Black Sabbath Cover)
10 - Unnatural Selection


Soilwork - Beyond The Infinite (EP) (2014)

Banda: Soilwork
Álbum: Beyond The Infinite (EP)
Ano: 2014
Gênero: Metalcore/Melodic Groove Metal
País: Suécia
Membros: Björn Strid (vocal), Sylvian Coudret (guitarra), David Andersson (guitarra), Ola Flink (baixo), Dirk Verbeuren (bateria) e Sven Karlsson (teclados).

01 - My Nerves, Your Everyday Tool
02 - These Absent Eyes
03 - Resisting The Current
04 - When Sound Collides
05 - Forever Lost In Vain

Download
(Ulozto. Só clicar em "Download" ou "Stáhnout" [se estiver em tcheco], preencher o captcha e apertar enter.)

Download
(Mega. Se a página não abrir, tente em outro navegador.)

Scar Symmetry - The Singularity (Phase I: Neohumanity) (2014)

Banda: Scar Symmetry
Álbum: The Singurality (Phase I: Neohumanity)
Ano: 2014
Gênero: Melodic Death/Groove Metal
País: Suécia
Membros: Roberth Karlsson (vocal gutural), Lars Palmqvist (vocal limpo), Per Nilsson (guitarra e teclados), Kanneth Seil (baixo) e Henrik Ohlsson (bateria).

01 - The Shape of Things To Come
02 - Neohuman
03 - Limits To Infinity
04 - Cryonic Harvest
05 - The Spiral Timeshift
06 - Children of The Integrated Circuit
07 - Neuromancers
08 - Technocalyptic Cybergeddon

Download
(Ulozto. Só clicar em "Download" ou "Stáhnout" [se estiver em tcheco], preencher o captcha e apertar enter.)

Download
(Mega. Se a página não abrir, tente em outro navegador.)

Three Days Grace - I Am Machine (Single) (2014)

Banda: Three Days Grace
Álbum: I Am Machine (Single)
Ano: 2014
Gênero: Alternative Rock/Post-Grunge
País: Canadá
Membros: Matt Walst (vocal e guitarra), Barry Stock (guitarra), Brad Walst (baixo) e Neil Sanderson (bateria e teclados).

01 - I Am Machine

Download
(Ulozto. Só clicar em "Download" ou "Stáhnout" [se estiver em tcheco], preencher o captcha e apertar enter.)

Download
(Mega. Se a página não abrir, tente em outro navegador.)

Amaranthe - Trinity (Single) (2014)

Banda: Amaranthe
Álbum: Trinity (Single)
Ano: 2014
Gênero: Power Metal/Melodic Death Metal/Metalcore
Países: Dinamarca/Suécia
Membros: Elize Ryd (vocal feminino), Jake E. Berg (vocal limpo masculino), Henrik Englund (vocal gutural), Olof Mörck (guitarra e teclados), Johan Andersson (baixo) e Morten Løwe Sørensen (bateria).

01 - Trinity

Download
(Ulozto. Só clicar em "Download" ou "Stáhnout" [se estiver em tcheco], preencher o captcha e apertar enter.)

Download
(Mega. Se a página não abrir, tente em outro navegador.)

sábado, 27 de setembro de 2014

Sixx A.M. - Modern Vintage (Limited Edition) (2014)

Banda: Sixx: A.M.
Álbum: Modern Vintage
Ano: 2014
Gênero: Hard Rock
País: Estados Unidos
Membros: James Michael (vocal, guitarra, bateria programada e teclados), DJ Ashba (guitarra) e Nikki Sixx (baixo).

01 - Stars
02 - Gotta Get It Right
03 - Relief
04 - Get Ya Some
05 - Let's Go
06 - Drive
07 - Give Me A Love
08 - Hyperventilate
09 - High On The Music
10 - Miracle
11 - Before It's Over
12 - Before It's Over (Piano Ballad) (Bonus Track)
13 - Stars (Cinematic) (Bonus Track)
14 - Gotta Get It Right (Acoustic) (Bonus Track)
15 - Let It Haunt You (So Beautiful) (Bonus Track)

Download
(Ulozto. Só clicar em "Download" ou "Stáhnout" [se estiver em tcheco], preencher o captcha e apertar enter.)

Download
(Mega. Se a página não abrir, tente em outro navegador.)

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Kalevala [Калевала] - Discografia

No contexto da música pesada, quando falamos de bandas oriundas da Rússia, é muito provável que lhe venha à cabeça alguma banda de Folk Metal, correto? Claro! A Rússia é um pólo forte no gênero, tanto pela grande quantidade de bandas do ramo, quanto pela singularidade de cada uma delas. Ninguém faz Folk como os russos. Ter uma rica cultura pagã, eslava, certamente ajuda na inspiração.
Diversas bandas se inspiram em suas próprias raízes para fazer um som, mas não seria pegar pesado demais encarar isso como algo obrigatório? No Brasil, existem críticas contra bandas que tomam folclores de outros países como referência. Particularmente, não vejo problema algum. Não é só porque somos brasileiros que não podemos gostar e nos inspirar em vikings, celtas, índios norte-americanos, samurais, maias, ou até mesmo extra-terrestres, logo, criar músicas sobre eles. O que impede? Cada um com seus interesses e sua boa música.
É pelo Калевала, ou transliterando, Kalevala, falar se inspirar em cultura estrangeira que o tema foi mencionado no parágrafo anterior. Normalmente é imaginável bandas russas de Folk Metal ou pegando sua própria cultura como foco, ou criando suas próprias histórias épicas. Mas esse não é o caso do Kalevala. O próprio nome do conjunto deixa isso evidente. "Kalevala" é a epopeia clássica finlandesa, compilando antigas canções populares tradicionais do país que foram passadas adiante de pai para filho ao longo dos tempos. Portanto, esses russos situam suas inspirações no folclore finlandês, e em bandas como Korpiklaani e Finntroll. No entanto, isso tem um agravante meio óbvio também, pois a vocalista e fundadora Kenia Markevich é filha de pais finlandeses.
Foi na capital Moscou que o sopro da vida foi dado na banda, no ano de 2007, pela vocalista Ksenia Markevich, que após um show em Penza com sua banda anterior, Nevid, decidiu deixar o conjunto e convidou o guitarrista Nikita Andriyanov a sair também e começarem uma nova banda. Ainda no mesmo ano, a primeira demo "Demo 07" foi lançada, contando também com Shmel' no baixo, Vasiliy Konyuhov na bateria e Alexander Oleynikov no teclado e acordeão, . O acordeão é o instrumento predominante na sonoridade. É tão latente que o que esses caras fazem pode ser comicamente chamado de "Forró Brabo" com vocal feminino! A demo foi disponibilizada gratuitamente na internet e colheu boas críticas.
Em 2008, após assinar com a Sound Age Productions, selo muito voltado para bandas de Folk, o grupo lançou o debut "Кудель Белоснежного Льна", que tem uma musicalidade bastante animada, intensa, com muito acordeão e muita flauta! O fato de ser uma mulher na linha de frente cantando limpo pode causar certa estranheza a princípio, até pelo timbre dela, mas com no decorrer dos discos, pode ser que acostume. Outros que realmente gostam da proposta se amarrarão na certa, sobretudo os que curtem de verdade o "Folk brabo".
Um ano mais tarde foi a vez de "Кукушкины Дети" ser lançado, agora tendo Andrew Ischenko como baterista e lançado através da Metalism Records. A sonoridade seguiu sem muitas alterações, soando bastante similar ao primeiro trabalho.
A coisa viria a mudar um pouco no terceiro álbum, "Ведьма", que saiu em 2010 com outra nova cara na bateria: o Kirill Perov. Aqui a sonoridade parece um pouco mais organizada e coesa, embora preserve a essência do que já vinham realizando. Ainda assim, a partir desse disco pode ser provável que os que prefiram um Folk um pouco menos "brabo" se sintam um pouco mais confortáveis.
Já em 2011, o Kalevala voltou a apresentar mudanças na formação, mas essas foram mais substanciosas. Com a saída do baixista Shmel', ingressou Ivan Andrianov, que além do contra-baixo também trouxe a balalaika, um instrumento parecido com o violão, mas com som mais ou menos próximo ao do bandolim. Pra variar, as baquetas também sofreram mudanças de dono. Agora Denis Zolotov era o cara. Alexander Oleynikov, que cuidava dos teclados e acordeão, também se desligou do conjunto.
Voltando à Sound Age Productions, os russos lançaram seu primeiro registro ao vivo em 2012. "Осень в Стиле Фолк" é um excelente trabalho acústico inspirado nas musicalidade Sami finlandesa. Ele foi gravado ainda quando Alexander Oleynikov ainda não tinha saído.
Por fim, chega em 2013 o quarto álbum de estúdio, nomeado "Луна и Грош". Aqui um Folk mais completo e abrangente é praticado, assim como mais ordenado também, a exemplo do anterior. Não apenas os acordeões de Alexander Oleynikov (que participa como membro de sessão) e algumas flautas são introduzidas, mas também gaitas, "hurdy gurdy", cello, harpa, e, claro, a balalaika de Ivan Andrianov que caiu super bem! Pra quem gosta de um Folk mais completo, esse disco é uma boa pedida.
Agora em 2014, o conjunto lançou dois trabalhos: o interessantíssimo EP de quatro faixas "Доху я купила", e a compilação "Говори со мной", uma coletânea lançada de forma independente contendo suas melhores canções em versão karaokê.
Se você gosta de um Folk bem digno, até mesmo "exagerado", gritante, muito provavelmente vai gostar pra caramba desse grupo. Acima de tudo, é a qualidade russa da vertente falando alto aqui.


 Demo 07 (Demo) (2007)

01 - Гой, олень!
02 - Пастушок


 Кудель Белоснежного Льна (2008)

01 - Гой, Олень!
02 - Камышовая Тропа
03 - Ярило
04 - Кудель Белоснежного Льна
05 - Пастушок
06 - Милый
07 - Снега Белые Крыла
08 - Речка К Реченьке
09 - Там, Где Солнце Отправляется в Путь…
10 - Ти Ж Мене Пiдманула


 Кукушкины Дети (2009)

01 - Калевала
02 - Кукушкины Дети
03 - Горсти Талого Снега
04 - Плакали Вербы
05 - Купалская Ночь
06 - У Разбитого Корыта Одинокого Крыльца
07 - Медуницы Пряной Белый Костер
08 - Ветер В Спину
09 - Первый Последний Закат
10 - Про Жеребца (Яйца)
11 - Колокольчик (Bonus Track)


 Ведьма (2010)

01 - Ведьма
02 - Таусень-Рада
03 - Воротись Домой
04 - Больше Нечего Терять!
05 - Сварожья Ночь
06 - Танец Дикого Ветра
07 - Вода-Река
08 - Так Пела Осень
09 - Ладушка
10 - Улетай на Крыльях Ветра
11 - Долгой Дорогой


 Осень в Стиле Фолк (Live) (2012)

01 - Приветствие
02 - Камышовая Тропа
03 - Ярило
04 - Плакали Вербы
05 - Кукушкины Дети
06 - Гой, Олень!
07 - Милый
08 - Ладушка
09 - Пастушок
10 - Ведьма
11 - Сварожья Ночь
12 - Калевала
13 - Снега Белые Крыла
14 - Воротись Домой
15 - Горсти Талого Снега
16 - Там, где солнце отправляется в путь
17 - Ой, при лужке
18 - Кудель белоснежного льна


 Луна и Грош (2013)

01 - Корочун
02 - Луна и Грош
03 - Лучшую Спою Вам Песню!
04 - Масленица
05 - Нагрянули
06 - Где Твоя Ночевала Печаль
07 - Одевал в Льняное Платье...
08 - Говори со Мной
09 - Снежный Дом
10 - Батька Атаман
11 - Сон-Река
12 - Ой, при Лужке

Download

 Доху Я Купила (EP) (2014)

01 - Ты Прости Меня Родная
02 - Не для меня
03 - Доху Я Купила
04 - Вьюн Над Водой

Download (Ulozto)
Download (Mega)

 Говори со Мной (Karaoke Compilation) (2014)

01 - Ярило (вокальный минус)
02 - Доху я Купила  (вокальный минус)
03 - Горсти Талого Снега (вокальный минус)
04 - Улетай на Крыльях Ветра (вокальный минус)
05 - Ой, При Лужке (вокальный минус)
06 - Колокольчик (вокальный минус)
07 - Кудель Белоснежного Льна (вокальный минус)
08 - Там, где Солнце Отправляется в Путь (вокальный минус)
09 - Милый (вокальный минус)
10 - Пастушок (вокальный минус)
11 - Ты Прости Меня Родная (вокальный минус)
12 - Не для Меня (вокальный минус)
13 - Вьюн над Водой (вокальный минус)
14 - Ведьма (акустика , вокальный минус)
15 - Кукушкины дети (вокальный минус)
16 - Ладушка (вокальный минус)
17 - Сварожья Ночь (акустика, вокальный минус)

Download (Ulozto)
Download (Mega)

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Gormathon - Following The Beast (Limited Edition) (2014)

Banda: Gormathon
Álbum: Following The Beast
Ano: 2014
Gênero: Melodic Death Metal
País: Suécia
Membros: Tony Sunnhag (vocal), Stefan Jonsson (guitarra), Markus Albertson (guitarra), Kalle Svedåker (baixo) e Tony Sandberg (bateria).

01 - Remedy
02 - Land of The Lost
03 - Hellbender
04 - Break The Chains
05 - Celestial Warrior
06 - In Benevolence
07 - World of Sin
08 - Remember
09 - Absence of Trust
10 - Warlords of Doom
11 - Into Oblivion (Bonus Track)
12 - Silent Walk (Bonus Track)

Download
(Ulozto. Só clicar em "Download" ou "Stáhnout" [se estiver em tcheco], preencher o captcha e apertar enter.)

Stormhold - The Lost World (2014)

Banda: Stormhold
Álbum: The Lost World
Ano: 2014
Gênero: Melodic Death Metal
País: Bielorrússia
Membros: Alex Gasakov (vocal), Dmitry Michailov (guitarra), Vyacheslav Gasakov (guitarra), Alexander Chernous (baixo), Darkut (bateria) e Evgeniy Darnopykh (teclados).

01 - Wind of Freedom
02 - Another Day
03 - The Understanding of Truth
04 - Eyes In The Eyes
05 - Our Blood's On The Cross of War
06 - The History Pages
07 - Inside My Mind (feat. Eugeniy Johan Lavskiy)

Download
(Ulozto. Só clicar em "Download" ou "Stáhnout" [se estiver em tcheco], preencher o captcha e apertar enter.)

1349 - Massive Cauldron of Chaos (2014)

Banda: 1349
Álbum: Massive Cauldron of Chaos
Ano: 2014
Gênero: Black Metal
País: Noruega
Membros: Ravn (vocal), Archaon (guitarra), Seidemann (baixo) e Frost (bateria).

01 - Cauldron
02 - Slaves
03 - Exorcism
04 - Postmortem
05 - Mengele's
06 - Golem
07 - Chained
08 - Godslayer

Download
(Ulozto. Só clicar em "Download" ou "Stáhnout" [se estiver em tcheco], preencher o captcha e apertar enter.)